in

Justiça bloqueia R$ 3 milhões da conta de Anitta

(Foto: Reprodução / Extra.Globo)

A juíza Flávia Viveiros de Castro, da 6ª Vara Cível da Barra, no Rio de Janeiro, determinou o bloqueio de R$ 3 milhões da conta da cantora Anitta. É o valor da multa contratual cobrada pelo escritório K2L, que administrava a carreira da funkeira. No ano passado, a Justiça havia ordenado o depósito da quantia ou a indicação de algum bem como garantia. Nada foi feito, e a atitude foi classificada como “ato atentatório à dignidade da Justiça”. No ano passado, Anitta foi derrotada em juízo pela ex-empresária Kamilla Fialho, da K2L. Uma decisão judicial a obrigou, no início de outubro, a pagar R$ 5,2 milhões, referente à quebra de contrato com o seu antigo escritório. Os advogados de Anitta recorreram da decisão, mas o juiz responsável pelo caso não aceitou e manteve a liminar desfavorável à cantora.

Entenda o caso: Anitta e seus antigos empresários entraram em uma briga milionária na Justiça, após a cantora acusar a K2L, da empresária Kamila Fialho, de desviar até R$ 2,5 milhões de seu patrimônio, desde 1º de junho de 2012. Segundo Anitta o escritório emitiu 21 planilhas sem assinaturas de contadores e nem comprovantes das despesas, até agosto do ano passado. A cantora contratou um escritório para investigar a ação dos empresários. A K2L Empreendimentos Artísticos se pronunciou e negou todas as acusações.
Meses depois, Anitta ganhou a ação que movia contra o escritório, e desta maneira, a empresa não poderia mais comercializar shows da cantora sob pena de multa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Banco do Brasil divulga edital com 300 vagas

Baixou a temperatura