in ,

Pai acusado de atear fogo em casa e matar filhos é preso

Foi preso na manhã desta sexta-feira (6), Gilson de Jesus Moura de 49 anos acusado de atear fogo na casa onde morava com toda sua familia, matando cinco pessoas e deixando duas gravimente feridas na última terça-feira (4).


Nas primeira horas da manhã, o seu veículo Gol vermelho foi abandonado na localidade de Ilha das Cobras no bairro Santo Antônio dos Prazeres e por volta das 7h10 após denúncia ele foi preso no Largo Marajó, estava com um chapéu de palha na cabeça a fim de não ser reconhecido, quando aguardava um transporte para sair da cidade.

Já na delegacia Gilson expôs que “até agora não caiu a ficha do que fiz, se eu tivesse consciência eu não saía de Irecê e vinha para Feira só para abandonar um carro”, perguntado sobre a morte dos seus filhos, o acusado disse que é um remorso muito grande, “só quem esta passando pelo problema sabe, acho que nem a morte vai tirar esse remorso de mim”.

Em relação ao crime Gilson afirmou que acredita ter sofrido um surto, “sinceramente só pode ter sido um surto para cometer esse crime por conta do medicamento que eu tomava e acabou, pois não tinha nenhum motivo para fazer isso, eu estava bem com minha familia, meus filhos eram agarrados comigo, eu não sou digno nem o perdão de Deus”.

O acusado está no complexo policial do Sobradinho a disposição da Polícia, para maiores esclarecimentos.

As informações são do repórter Carlos Valadares e fotos de Eduardo Mendonça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Atacante chileno Jean Paul Pineda é o novo reforço do Vitória

Em missa da Epifania, papa condena culto ao poder