Dia de Combate ao fumo gera campanha entre dentistas

O dia 29 de agosto é conhecido como o Dia Nacional de Combate ao Fumo, luta endossada por grande parte dos profissionais de Odontologia. “No mundo todo, o cigarro é a principal causa de câncer de pulmão e câncer bucal e um dos principais fatores relacionados a doenças respiratórias e cardiovasculares. Entramos sempre na luta, buscando conscientização dos pacientes, porque é uma questão de saúde pública, acima de tudo”, destaca Dr. Eduardo Oliva, Diretor Científico do Instituto Prime de Ensino Personalizado.

No Brasil, segundo estimativas do Ministério da Saúde, 200 mil pessoas morrem anualmente por conta de doenças decorrentes do tabagismo, prática que atinge 15% da população adulta. “Além dos riscos gerais à saúde, o consumo do cigarro provoca uma infinidade de doenças bucais, deixando a cavidade oral mais suscetível a doenças periodontais e até mesmo ao câncer bucal, já que afeta as células da mucosa da boca”, alerta Oliva.

Fator de risco para surgimento de tumores nos lábios, gengivas e outras regiões da cavidade bucal, o fumo vai além do câncer e pode causar retração gengival, expondo as raízes dos dentes e aumentando a sensibilidade ao frio e calor ou cárie dentária. “O cigarro pode chegar a causar a perda total de um dente e até inviabilizar a colocação de um implante dentário”, relembra Dr. Marcos Oliva, sócio de Eduardo no Cenior Spa Odontológico e Coordenador da Especialização de Implantodontia do Instituto Prime.

Drª Agda Rios, professora de Dentística Restauradora e do Curso de Lentes de Contato de Porcelana do Instituto Prime, ressalta que o cigarro causa ainda danos menos graves, mas esteticamente e socialmente desagradáveis. “O consumo de cigarro é responsável pelo escurecimento dos dentes, deixando o sorriso menos bonito e agradável, e colabora ainda com o desenvolvimento do mau hálito”, destaca.

Comments

0 comments

Unit´

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *