UFRB abre inscrições para especialização em Educação

Feira de Santana

As vagas são divididas igualmente entre os polos das cidades de Ipirá, Rio Real, Sapeaçu e Simões Filho. (Foto: Reprodução/TV Subaé)

Estão abertas as inscrições para 200 vagas em Especialização de Tecnologias e Educação Aberta e Digital, na modalidade de Educação a Distância (EaD) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), com certificação da UFRB e da Universidade Aberta de Portugal (UAb). Os interessados têm até 10 de janeiro para se candidatar. As vagas são divididas igualmente entre os polos das cidades de Ipirá, Rio Real, Sapeaçu e Simões Filho. O curso tem carga horária de 459h, com duração de 18 meses, e possui como público alvo professores da rede pública de ensino e todos os profissionais que necessitem adquirir, aprofundar ou reconverter competências e conhecimentos para a concepção, desenvolvimento e avaliação de ambientes educativos emergentes e ferramentas digitais e conteúdos áudio, vídeo e multimídia ou profissionais que apresentam interesse nas áreas de Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação. As inscrições devem ser feitas através da internet. Entre os documentos solicitados na seleção estão o Curriculum Lattes resumido e um Memorial Acadêmico (descrição comentada da trajetória intelectual/acadêmica do candidato). Confira aqui o edital com todos os detalhes da seleção. O curso será realizado na modalidade à distância, por meio da internet, com encontros presenciais mensais para discussões, orientações e avaliações nos polos UAB no qual o estudante se vincular. Estão previstos três encontros presenciais, sendo dois para a realização de provas presenciais, realizadas ao término de cada um dos períodos que compõem a matriz curricular do curso, e o terceiro encontro para a apresentação do Trabalho de Conclusão do Curso (TCC). Serão destinadas 10% das vagas do curso para servidores técnicos-administrativos e servidores docentes da UFRB. Também estão destinadas 10% das vagas para candidatos autodeclarados pretos, pardos, indígena e pessoas com deficiência. A previsão de início do curso é março de 2018. As despesas de locomoção e hospedagem para a participação dos encontros presenciais é de exclusiva responsabilidade dos estudantes.