in

Último dia de Carnaval teve pedido de casamento, choro, Gil no Gandhy, arrastão do Brown e participações

                 Pablo Vittar, Khill – novo vocalista do Chiclete -, e Claudia Leitte. Foto: Arte/G1.

O último dia de Carnaval em Salvador, nessa terça-feira (13), teve diversos momentos marcantes nos dois principais circuitos da folia baiana – Dodô (Barra-Ondina) e Osmar (Campo Grande). Entre eles, um pedido de casamento.

Thales pediu Éder em casamento. Foto: Maiana Belo/G1.

Em cima do trio de Claudia Leitte, já no final do desfile da cantora, em Ondina, o empresário Thales Sabino, de 33 anos, propôs a união matrimonial ao estudante de medicina Éder Malta, de 30 anos. O pedido, é claro, foi aceito, com direito a beijo na boca e tudo. A artista e os foliões foram ao delírio. “Eu me sinto honrada por vocês terem escolhido meu bloco para esse momento”, derreteu-se Claudinha. O casal estava no bloco “Largadinho”, puxado pela cantora nesse último dia de Carnaval.

Loira comandou o bloco Largadinho. Foto: Junior Improta.

A artista já chegou ao circuito causando, ao sair de dentro de uma bola de basquete gigante. No trio, Claudinha recebeu convidadas pra lá de especiais. Entre elas, as gêmeas sertanejas Maiara e Maraísa, que cantaram “Lacradora” com a artista – uma das apostas da cantora para música do Carnaval desse ano. A outra convidada foi a cantora Wanessa Camargo, que se juntou às três para interpretar o sucesso “Bola de Sabão”.

A banda Chiclete com Banana também passou pelo circuito Dodô. O novo vocalista do grupo, Khill, chorou em cima do trio, após se emocionar com a primeira participação na festa à frente do Chiclete. O folião teve o coração balançado também pela musa Pabllo Vittar, que chegou ao circuito Barra-Ondina com um visual cowgirl.

Pabllo Vittar no Carnaval de Salvador. Foto: Gustavo H.

Loira, Pablo puxou um trio sem cordas e, logo no começo do desfile, mostrou qual era o seu propósito: “Vou deixar vocês no chão”. Na apresentação, ela recebeu outras duas artistas drags conhecidíssimas: Gloria Groove e Aretuza Lovi. Logo no início da performance, Lovi teve um problema com a peruca que usava e precisou tirar o acessório, mas não parou de cantar. A musa fez carão e seguiu causando.

Já no finalzinho do desfile Pablo surpreendeu mais uma vez e mudou de figurino. A artista surgiu com uma fantasia inspirada no filme “Avatar”. Com direito a rabo, orelhinhas, tranças e roupa dos personagens. As convidadas também mudaram de roupa e Aretuza voltou com uma cabeleira loira.

      Alok no trio independente na Barra. Foto: Tiago Caldas.

Outro que passou pelo circuito Barra-Ondina foi o DJ Alok, que teve imprevistos durante a apresentação. O som do trio do artista falhou após defeito em um gerador e, por alguns minutos, a folia ficou parada. No entanto, após o problema ser resolvido, a galera seguiu curtindo a vibe do Dj.

No Campo Grande, Gilberto Gil desfilou no trio do tradicional bloco afoxé Filhos de Gandhy. Quem também passou pelo circuito Osmar foi Daniela Mercury, que, acompanhada de drags, desfilou com as cores do orgulho LGBT. Outro que também passou pelo centro foi Xanddy, com a banda Harmonia do Samba. No trio, ele recebeu  a mulher, Carla Perez. Durante o desfile do Harmonia, não faltou o sucesso “Comando”, que puxou o folião pipoca.

Léo Santana e ‘As Muquiranas’. Foto: Gilmar Castro.

Ainda no Campo Grande rolou também o desfile do bloco As Muquiranas, puxado por Léo Santana, que meteu dança. Sem economizar no rebolado, o “Gigante” fez sua passagem cantando grandes sucessos de sua carreira solo, como a música “Santinha”, vencedora do troféu Bahia Folia de 2017. O cantor esteve acompanhado da noiva, a dançarina Lore Improta.

A banda Psirico, liderada por Márcio Victor, também se apresentou no circuito Osmar, onde desfilou sem cordas para o folião pipoca e apresentou sucessos como o hit Elas Gostam (Popa da Bunda), uma das candidatas à música do Carnaval desse ano. E o Cacique Carlinhos Brown cumpriu sua promessa. Comandou o projeto Arrastão da Meia Noite pelas ruas no Barra-Ondina. Durante o percurso, ele ficou no chão bem perto da galera. Tudo para o folião pipoca. A sambista baiana Ju Moraes também marcou presença na orla em trio independente.

         Ju Moraes na Barra. Foto: Francisco Carlos.

Com informações do G1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Armandinho encerra projeto ‘Pôr do Sol’ ao som da guitarra baiana

Mega-Sena pode pagar R$ 71 milhões hoje