in

ACM Neto anuncia UPA para substituir equipamento fechado por Rui Costa

Prefeito falou sobre o assunto durante assinatura da ordem de serviço para Mercado Municipal do Jardim Cruzeiro (Foto: Reprodução/Facebook ACM Neto)
Prefeito falou sobre o assunto durante assinatura da ordem de serviço para Mercado Municipal do Jardim Cruzeiro (Foto: Reprodução/Facebook ACM Neto)

O prefeito ACM Neto anunciou no último sábado (03), durante a assinatura da ordem de serviço para construção do Mercado Municipal do Jardim Cruzeiro, na Cidade Baixa, que vai erguer uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) na região.

“E comigo é assim, com coragem. A coragem de quem não tem medo de cara feia, de quem não se intimida pelo grito e ameaça dos adversários. A coragem de quem vai construir essa UPA (da Cidade Baixa) mostrando ao governador dessa Bahia quem trabalha por Salvador e pelos baianos”, discursou o prefeito. ACM Neto afirmou ainda que a UPA de Roma foi fechada de maneira criminosa e irresponsável.

A Prefeitura já vai começar a levantar possíveis terrenos para o equipamento, que vai substituir a UPA de Roma, fechada pelo governo do estado. Ele criticou duramente a decisão do governador Rui Costa de fechar a única unidade de urgência e emergência que havia na Cidade Baixa.

“Quando chegamos, em 2013, a cidade tinha uma UPA e que não funcionava. Construímos oito novas UPAs e hoje temos nove funcionando em Salvador. E no dia 29 de março, aniversário de Salvador, vamos entregar o primeiro Hospital Municipal da cidade, coisa que muitos diziam que a gente não seria capaz de fazer. A palavra impossível hoje não faz parte mais do nosso vocabulário. Por isso vamos fazer também o BRT e o Centro de Convenções”, ressaltou.

Feira

As obras de construção do Mercado Municipal do Jardim Cruzeiro tiveram início neste sábado, após ordem de serviço assinada pelo prefeito. O equipamento, que deve ser entregue em seis meses, vai ficar localizado na Rua Rezende Costa, local onde funciona a atual feirinha do bairro.

Orçada em R$2,5 milhões, a obra compreende uma área de 1.103,17 metros quadrados, onde serão instalados 25 boxes e 68 barracas para comercialização de produtos como frutos do mar, carne, cereais, plantas, flores e hortifrúti. O objetivo é ordenar o comércio local, que atualmente é realizado em diversas barracas montadas nas ruas e passeios da região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

PF cumpre mandados de prisão em nova fase da Operação Carne Fraca

Começa venda de ingressos para Festival Forró do Lago