Filha de prefeito de Muniz Ferreira acusa marido de agressões

O movimento “Todos por Clara” está ganhando as redes sociais do Recôncavo Baiano. O motivo da mobilização digital foi a agressão sofrida pela jovem Clara Emanuele Santos Vieira, 20 anos, estudante de Direito e filha do prefeito de Muniz Ferreira, Wellington Vieira. De acordo com a denúncia feita através das redes sociais, pela irmã da vítima, Andressa Vieira, Clara foi agredida pelo ex-marido, Felipe Pedreira, no domingo, dia 8 de maio. Ainda segundo o post, a vítima teria sofrido chutes, gritos e teve seu cabelo e dedos cortados por um faca.

De acordo com o site Blog do Valente, Felipe disse que pegou o celular dela e se trancou no banheiro, para ver uma conversa dela com a amiga, mas que Clara conseguiu abrir a porta, em posse de uma faca tipo peixeira. Segundo ele, sem alternativa, teve que usar de legítima defesa para desarmá-la. Ele ainda disse que também foi agredido com mordidas e murros.

 

A vítima tem um filho com o suposto agressor.

Publicação de Andressa Vieira:

Foto: Reprodução/ Facebook

(Com informações do Blog do Valente)

 

Unit´