in ,

TST libera leilão de distribuidoras da Eletrobras

Executivos da Equatorial Energia comemoram a aquisição da Cepisa em leilão ao lado do ministro de Minas e Energia, Moreira Franco (segundo da esquerda para direita) (Foto: SUAMY BEYDOUN/AGIF, ESTADÃO CONTEÚDO)
A cassação da liminar libera a venda das distribuidoras da Eletrobras (Foto: SUAMY BEYDOUN/AGIF, ESTADÃO CONTEÚDO)

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Brito Pereira, suspendeu a liminar que impedia o leilão de privatização das distribuidoras da Eletrobras. A decisão foi divulgada pela assessoria do TST nesta segunda-feira (20). A cassação da liminar libera a venda das distribuidoras da Eletrobras. Três delas estão previstas para irem a leilão no dia 30 de agosto.

Na última quinta-feira (16), o órgão especial do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ) havia suspendido o processo de privatização das distribuidoras, previsto para 30 de agosto. Na decisão que anulou os efeitos da liminar, o presidente do TST afirmou ter ficado demonstrado que, em assembleia geral, os acionistas da empresa optaram pela alienação das companhias distribuidoras, em vez da liquidação da empresa, o que, em princípio, representa a manutenção das empresas e dos contratos de trabalho.

Para Brito Pereira, a suspensão do processo por ordem judicial estava fundamentada unicamente na inexistência de estudo sobre eventuais impactos da privatização nos contratos de trabalho, sem que tenha sido apresentado nos autos norma ou regulamento com essa obrigação. Ao conceder a liminar, o TRT havia dado 90 dias para a empresa estatar realizar estudos sobre o impacto da privatização nos contratos de trabalho das empresas e nos direitos dos empregados.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou na última sexta-feira (17) o adiamento do leilão da Amazonas Energia para 26 de setembro, mas manteve a previsão de leiloar as distribuidoras Eletroacre, Ceron (RO) e Boa Vista Energia (RR) em 30 de agosto. O leilão da Ceal, de Alagoas, segue suspenso por uma liminar do Supremo Tribunal Federal (STF). Em julho, a Eletrobras leiloou a Cepisa, que atende aos consumidores do Piauí. A Cepisa foi arrematada pela Equatorial Energia, em lance único.

 

*G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Turista é achada viva após cair de cruzeiro e ficar 10h no Mar

Lexa relembra comparações com Anitta: “Me irritavam muito”