in ,

Mais de 90% dos aprovados no Sisu para Uefs são da Bahia

Foto: Ascom Uefs

A adoção do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) pela Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) mantém a interiorização da universidade pública no estado da Bahia. Como previsto pela Uefs, o ingresso aos cursos de graduação pelo Sisu não alterou o perfil de origem dos candidatos aprovados. Das 959 vagas preenchidas, 903 foram ocupadas por candidatos da Bahia, sendo 528 desses de municípios do Portal do Sertão e 436 de Feira de Santana.

De um total de 968 vagas oferecidas pela Uefs neste primeiro acesso pelo Sisu, 959 foram preenchidas: 453 pela ampla concorrência; 370 por negros da rede pública de ensino; 87 por não negros da rede pública de ensino; 21 por estudantes indígenas; e 28 por quilombolas.

A pró-reitora de Graduação da Uefs, professora Amali Mussi, destaca que, “nos últimos anos, a Uefs não tinha candidatos aprovados em número suficiente para completar as vagas oferecidas e, com o Sisu, tivemos aprovados para todos os cursos. As nove vagas não preenchidas correspondem à reserva de vagas para indígenas e quilombolas, ainda que, com o Sisu, a Uefs tenha superado as aprovações nessas categorias comparado aos processos anteriores.”

A pró-reitora acrescenta que a adesão ao Sisu amplia a democratização do acesso à Uefs e a qualifica ainda mais. “Nós estamos preparados, mas, mais do que isso, muito motivados para receber esses estudantes, que fizeram um excelente exame pelo Enem e que com certeza vão qualificar esses cursos”, afirma. Para ela, a boa avaliação dos cursos da Uefs reforça a procura pela instituição.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Loading…

0

Comentários

0 Comentários

Powered by Facebook Comments

Começa o prazo para participar da lista de espera do Sisu

Tremores de terra de 2,5 graus na escala Richter causam pânico em Guaratinga