in ,

Suspeito de tentar matar policial civil está foragido

Orlando se envolveu em uma discussão com a vítima dentro de um evento e o agrediu (Foto: Reprodução)
Orlando se envolveu em uma discussão com a vítima dentro de um evento e o agrediu (Foto: Reprodução)

Equipes da 1ª da Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Feira de Santana) estão à procura do advogado Orlando Freire de Assis, 29 anos, acusado de agredir e tentar matar o policial civil Sérgio Roberto Souza Oliveira, em Feira de Santana. A Justiça acatou o pedido de mandado de prisão contra ele, que aparece nas imagens de câmeras de segurança de um centro comercial, agredindo o investigador e atirando em outro homem que tentou contê-lo.

Na noite do último domingo (10), Orlando se envolveu em uma discussão com a vítima dentro de um evento e o agrediu, sendo separados por amigos. Mais tarde, o advogado voltou a se envolver em outra briga, com um homem ainda não identificado, e foi expulso da festa.

As informações apontam que o investigador da PC tentou conversar com Orlando sendo atingido, repetidamente, por vários socos e pontapés violentos, até ficar desacordado. Orlando pegou a arma e disparou contra uma testemunha que tentou ajudar. “Ele também disparou contra a cabeça da vítima, mas a arma falhou”, revelou o coordenador da 1ª Coorpin, Roberto da Silva Leal.

O acusado já tinha antecedente criminal, em 2007, por agressão. “Ele responderá por duas tentativas de homicídio, contra a vítima e a testemunha que tentou separar a briga, e por porte ilegal de arma de fogo”, esclareceu o delegado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Dois homens são presos com dois mil pacotes de fraldas roubados e outros itens

Morre aos 39 anos, Deise Cipriano, ex-Fat Family