in

Ato público reúne mulheres a fim de reivindicar direitos em Feira de Santana

Na manhã desta sexta-feira 8 de março  quando é comemorado o dia internacional da mulher um ato público intitulado ‘mulheres contra Bolsonaro, vivas por Mariele’ aconteceu em Feira de Santana, organizado por coletivos, partidos de esquerda e movimentos feministas da cidade, reuniu diversas mulheres com faixas, cartazes e gritos de ordem, a manifestação contou com o apoio da APLB Feira que decretou greve na tarde de quinta-feira (7) e também apresentou suas pautas.


Entre as pautas apresentadas pelas manifestantes estavam: violência contra a mulher, defesa da previdência, da democracia e por direitos, uma das organizadores do ato, Bruna Santana informa que o manifestação pretende chamar atenção das mulheres do comércio, ambulantes,  feirantes e toda a população, “para dialogar com a pauta de todas nós”.

A diretora na APBL, Marlede Oliveira expôs que a pauta principal dos professores é a reformulação do plano de carreira, para além dos professores, funcionários da rede municipal que vem desde 1992, “nós não temos resposta do prefeito Colbert Martins Filho que em novembro nos deu 15 dias para analisar nossa pauta e até agora não temos resposta”.

O ato percorreu as principais ruas e avenidas do centro da cidade.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Loading…

0

Comentários

0 Comentários

Powered by Facebook Comments

Divulga música vencedora do Carnaval da Bahia 2019

Bilionário dos diamantes morre durante cirurgia de aumento peniano