Professores da rede municipal decidem manter greve

Os professores da rede municipal de ensino de Feira de Santana decidiram por unanimidade em votação na Assembleia da categoria realizada na última sexta-feira (15), que vão continuar em greve até que haja um diálogo com o prefeito Colbert Martins Filho, e que o mesmo cumpra com o que foi acordado na última audiência realizada na segunda-feira (11) quando atendeu uma comissão formada pela diretoria da APLB Feira, representantes de professores, diretores e funcionários, além dos vereadores da comissão de Educação da Câmara Municipal Eremita Motta, Zé Filé, João Bililiu e o vereador Cadmiel Pereira que acompanhou a audiência.

Durante a reunião, segundo o sindicato, o prefeito solicitou que aguardássemos até esta sexta-feira (15) para reunir a comissão e discutir os impactos orçamentários do Plano que foi construído em 2016, além de enviar o Projeto de Lei do reajuste do piso salarial de 4,17%, e os 5% da Regência de Classe do ensino fundamental II para a Câmara de Vereadores. Até a quarta-feira (13) último dia de sessão ordinária na Câmara, os projetos não haviam chegado a Câmara, bem como não houve a reativação da comissão do Plano de Carreira.

Na próxima segunda-feira (17) os professores estarão novamente na Câmara de Vereadores, segundo informou o sindicato.

Unit´

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *