in

Irmãos do ex-prefeito Orlando Santiago condenados por exploração de máquinas caça-níquel

Dois irmãos do ex-prefeito de Santo Estevão, Orlando Santiago, foram condenados pela Justiça Federal, após serem acusados pelo Ministério Público de exploração de máquinas caça-níquel. A sentença foi publicada nesta quinta-feira (30).

Ademário de Souza Santiago Júnior e Jurandir Cerqueira Santiago (Tinga) foram condenados a 2 anos, 1 mês e 18 dias de reclusão. Eles tiveram as penas de prisão substituídas por prestação de serviços, que deverá totalizar 778 horas trabalhadas, além de pagamento de 30 salários mínimos para cada um deles, em favor de uma entidade que deverá ser indicada pela Justiça Federal.

Além de Ademário e Jurandir Santiago, o MPF também denunciou na mesma ação outras quatro pessoas. Elas foram absolvidas pela juíza Karin almeida Weh de Medeiros, titular da 1ª Vara Federal.

JOGOS DE AZAR

O site Olá Bahia teve acesso a sentença que condenou os irmãos do ex-prefeito Orlando Santiago. Segundo o MPF, os denunciados, com exceção de Ramon Oliveira Gomes, chefiados por Ademário Santiago, associaram-se para a prática do delito de contrabando com a aquisição, montagem e distribuição de máquinas tipo caça-níquel, de origem estrangeira e de comercialização proibida no Brasil.

O caso teria ocorrido entre os anos de 2010 e 2011, na cidade de Santo Estevão. Todo material utilizado, segundo o MPF, seria para a exploração de jogos de azar no município.

A ação penal foi deflagrada após a apreensão de diversas máquinas caça-níquel, em estabelecimentos na cidade de Santo Estevão. A perícia concluiu que as peças e componentes das máquinas tinham origem estrangeira, a exemplo de países como Estado Unidos, Taiwan e United Kington.

De acordo com o MPF, a mesma perícia também concluiu que a habilidade do jogador é irrelevante para o resultado do jogo, uma vez que no interior das máquinas existe um dispositivo do tipo “DIP SWITCH” que permite programar as probabilidades de acerto, a critério do proprietário, caracterizando-se assim “jogos de azar”.

EX-PREFEITO

O ex-prefeito de Santo Estevão, Orlando Santiago, chegou a ser ouvido durante a fase de inquérito policial. O site Olá Bahia também teve acesso ao conteúdo do depoimento dele. O ex-prefeito admitiu que os irmãos exploravam máquinas de caça-níquel na cidade.

Conforme o depoimento de Orlando Santiago, ele mesmo chegou a aconselhar os irmãos Ademário e Jurandir Santiago a “encerrarem a referida atividade”. Eles não aceitaram o conselho.

Na época do fato, Orlando Santiago não era prefeito de Santo Estevão. Comandava a município o atual prefeito Rogério Costa.

O site Olá Bahia não conseguiu contato com a defesa de seus dois irmãos que foram condenados pela Justiça Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

PF deflagra operação contra desvios de verbas

Município de Tanquinho é beneficiado com transportes públicos