in

Trabalhador que não quer retirar R$ 500 do FGTS poderá comunicar decisão a partir do dia 9

Quase R$ 109 milhões foram colocados em circulação por meio dos saques feitos por trabalhadores (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Arquivo/Agência Brasil)

A partir do dia 9 de agosto, a Caixa Econômica Federal começará a receber a comunicação dos trabalhadores que não quiserem sacar os recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), nas condições do saque emergencial. Segundo o banco, 33 milhões de clientes que têm poupança terão seus valores (R$ 500 por conta vinculada) creditados automaticamente, caso não se manifestem em contrário. A condição de “desfazimento” estará disponível nos canais de atendimento do site, internet banking e aplicativo do banco.

Caso o trabalhador não queira retirar o recurso, será necessário informar a decisão em um dos canais divulgados pelo banco, até 30 de abril de 2020. Desta forma, os valores não sacados serão devolvidos à conta vinculada ao FGTS.

Já os trabalhadores que não têm conta na Caixa não precisam fazer o comunicado. Se não quiserem retirar recursos do Fundo de Garantia, basta não comparecer para o saque. Assim, o dinheiro será mantido no conta vinculada do FGTS.

No caso de saque-aniversário, que possibilitará retiradas anuais de percentuais do Fundo, o trabalhador terá que comunicar a adesão ao sistema na Caixa Econômica Federal. Se aderir, abrirá mão do saque do FGTS em caso de demissão sem justa causa.

Os beneficiários da Caixa que têm caderneta de poupança serão os primeiros a receber o dinheiro já a partir do dia 13 de setembro. Já os trabalhadores com conta-corrente ou poupança conjunta, abertas até 24 de julho deste ano, poderão optar pelo crédito automático do valor do saque emergencial na conta indicada. Se fizerem esta opção até o dia 25 de agosto, receberão o dinheiro de acordo com o mesmo calendário previsto para o crédito nas contas poupança.

Os trabalhadores com conta-corrente no banco que fizerem a opção de crédito em conta após 25 de agosto receberão o dinheiro na conta indicada a partir de 18 de outubro, de acordo com sua data de aniversário, seguindo o calendário divulgado pela Caixa. O mesmo acontecerá com os novos clientes do banco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Padre Fábio de Melo sai de redes sociais e anuncia fim de carreira musical

Receita paga nesta quinta restituições do 3º lote do Imposto de Renda 2019