in

Por dispensa de licitação, Prefeitura de Feira vai pagar R$ 15 milhões a Associação de Mutuípe em contrato com a saúde

Foto: Secom

A Prefeitura de Feira de Santana contratou emergencialmente a Associação de Proteção a Maternidade e à Infância de Mutuípe para prestar serviços na área de saúde do município. O extrato da licitação está publicado na edição desta sexta-feira (13), do Diário Oficial.

De acordo com a publicação, a contratação ocorreu por meio de dispensa de licitação (nº 665-2019-11D). O ato tem parecer da Procuradoria Geral do Município (PGM).

O contrato emergencial vai custar aos cofres da Prefeitura o valor de R$ 15.950.673,16. A publicação não informa o período contratado, apenas o seu objeto. A Associação de Mutuípe vai prestar serviço na área de saúde, atendendo as unidades da rede própria do Município.

COOFSAUDE

O site Olá Bahia apurou que a Associação de Proteção a Maternidade e à Infância vai atuar nas unidades do Programa de Saúde da Família (PSF), na sede e zona rural.

A entidade assume o contrato antes existente entre a Prefeitura e a Coofsaude, cooperativa médica denunciada pelo Ministério Público (MP) por desvio de recursos e outros crimes.

A Coofsaude é alvo de investigação do Ministério Público. O MP denunciou 11 pessoas da cooperativa por crimes de organização criminosa, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. O esquema foi desarticulado pela “Operação Pityocampa”, realizada em dezembro do ano passado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Bolsonaro ficará afastado do cargo por mais 4 dias; Mourão segue como interino

Homem morto há 22 anos é encontrado com ajuda do Google Earth