in ,

Conselho Tutelar: 15 terão nova votação

Votação está agendada para 25 de novembro, quando serão eleitos seis membros titulares e seis suplentes (Foto: Reprodução/Em Tempo)

Cidades começaram a divulgar nesta segunda-feira (7) o resultado das eleições para Conselho Tutelar, que ocorreram neste domingo (6). Em 17 capitais e no Distrito Federal já são conhecidos os novos conselheiros. O Rio de Janeiro divulgou nesta terça (8) resultados preliminares – recursos serão avaliados e podem mudar a lista de eleitos. Em Curitiba e outras 14 cidades, a votação foi cancelada, por problemas com urnas e denúncias de irregularidades, como compra de votos (entenda cada caso mais abaixo).

Neste ano, a eleição ganhou importância devido à polarização dos candidatos, opondo integrantes de alas de igrejas católicas e evangélicas. Em muitos locais, o comparecimento às urnas foi maior que o esperado, e houve filas e demora para votar. Podia participar qualquer pessoa com título de eleitor.

Os conselheiros são responsáveis por zelar pela proteção de crianças e adolescentes, e recebem remuneração, que varia de cidade para cidade. Eles assumem em 10 de janeiro 2020 e terão mandato de 4 anos. É cabível a reeleição por vários mandatos.

A eleição é organizada pelos conselhos municipais de direitos da criança e do adolescente, e fiscalizada pelo Ministério Público.

ELEIÇÕES CANCELADAS OU SUSPENSAS
Em algumas cidades, a votação foi cancelada e ocorrerá em novo dia. Entenda cada caso:

Curitiba: foram registradas inconsistências em relação às urnas, aos nomes e aos números dos candidatos em alguns pontos de votação. Também houve registro de candidatos levando eleitores para os locais de votação.
Porto Velho: por problemas burocráticos, a votação ficou para novembro. Houve atraso na escolha da empresa para aplicação de provas aos candidatos a conselheiros tutelares.
Ferraz de Vasconcelos (SP): foram recebidas denúncias de crimes eleitorais, como transporte ilegal de eleitores, compras de votos e boca de urna. Um homem foi filmado entregando dinheiro em frente a um local de votação. Também houve problemas nos equipamentos de votação.
Vídeo mostra homem entregando dinheiro em frente a um ponto de votação para o conselho tutelar de Ferraz de Vasconcelos, no domingo (6) — Foto: Reprodução/ TV Diário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Alteração em Lei Maria da Penha prevê apreensão de arma do agressor

John B. Goodenough passa a ser a pessoa mais velha a ganhar o Nobel