in ,

Polícia Civil investiga ligação de ataques com grupo que convocou greve

delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito. Foto: Alberto Maraux/ Ascom SSP-BA

A Polícia Civil já iniciou as investigações sobre ataques a estabelecimentos comerciais cometidos horas após um grupo anunciar paralisação. Indícios apontam que as ações foram coordenadas para gerar sensação de insegurança. Já foram solicitadas perícias nas munições encontradas, imagens de câmeras da SSP e de segurança privadas.

Equipes dos departamentos de Polícia Metropolitana (Depom) e de Inteligência Policial (DIP) também buscam testemunhas das ações de vandalismo.

“Não temos ocorrências desta natureza e, esta coincidência com os acontecimentos, logo depois do anúncio de greve, é determinante para o início das apurações”, explicou o delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Polícia Militar não está em greve, garante Comandante Geral; policiamento normal em todo o estado

Projéteis usados em atos de vandalismo são analisados pelo DPT