in ,

Governo abre inscrições do concurso para formação de policias e bombeiros militares

Policiais participam da última aula necessária para ascensão ao posto de 1º tenente da Polícia Militar da Bahia (Foto: Jorge Cordeiro/SSP BA)

O Governo da Bahia abriu concurso público para formação de oficiais da Polícia e do Corpo de Bombeiros Militar do estado. No edital da seleção foi publicado no Diário Oficial da Bahia foram ofertadas 1.250 vagas. As inscrições podem ser feitas a partir do dia 21 de outubro até as 23h59 do dia 19 de novembro. Do total de vagas, mil vagas são destinadas para soldados da Polícia Militar da Bahia, e outras 250 para o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia.

Para se candidatar aos cargos, os interessados devem acessar o site Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação, responsável pelo certame. A taxa de inscrição custa R$70. O pagamento do boleto deve ser feito até o dia 20 de novembro.

O concurso vai ser composto por duas etapas: prova objetiva e também prova discursiva. A avaliação objetiva está prevista para ocorrer em 19 de janeiro de 2020 e terá duração de cinco horas. O edital está disponível no Diário Oficial.

Os aprovados vão ser distribuídos entre Salvador, Alagoinhas, Barreiras, Feira de Santana, Ilhéus, Itaberaba, Itabuna, Jequié, Juazeiro, Paulo Afonso, Porto Seguro, Teixeira de Freitas, Vitória da Conquista e Santo Antônio de Jesus.

Para concorrer ao cargo de soldado da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, é necessário certificado de conclusão do Ensino Médio ou formação técnica profissionalizante de nível médio, expedidos por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Uma vez aprovado, o candidato será incorporado aos quadros do Estado como aluno soldado, percebendo bolsa de estudo no valor de um salário mínimo – condição que irá prevalecer até que conclua o Curso de Formação de Soldado da Polícia Militar da Bahia e do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia. A carga horária para o cargo, nas duas corporações, é de 40 horas semanais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Decreto de Bolsonaro estabelece que ordem a trabalhador temporário não gera vínculo

Serviços de Sedex e PAC dos Correios sofrem reajuste