in ,

Bolsonaro diz que evitará imprensa após relatório sobre ataques a jornalistas

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que vai evitar falar com a imprensa após levantamento da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) indicar que ele foi responsável por 58% dos ataques à categoria no ano passado.

O relatório da entidade, divulgado na quinta-feira passada, mostra que 208 ataques a veículos de comunicação e jornalistas foram registrados no ano passado. Desses, Bolsonaro foi responsável por 121.

Ao falar com jornalistas que o aguardavam na entrada do Palácio da Alvorada, nesta manhã (21), Bolsonaro fez referência a um suposto processo contra ele da “Associação Nacional de Jornalistas”. O Palácio do Planalto não soube informar, até o momento, de qual processo se trata.

“Eu quero falar com vocês, mas a Associação Nacional de Jornalistas diz que, quando eu falo, eu agrido vocês. Como eu sou uma pessoa da paz, não vou dar entrevista. Não posso agredir vocês aí. Manda tirar o processo que eu volto a conversar”, disse Bolsonaro.

 

*Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Governo diz que liberou seguro-desemprego travado por saque imediato do FGTS

Regina Duarte revela que ainda não decidiu se aceitará cargo no governo