in ,

Projeto de vacina mostra resultados promissores contra COVID-19

Vacina pentavalente está em falta na Bahia — Foto: Gustavo Duarte/Prefeitura de Cuiabá

A empresa de biotecnologia dos EUA Moderna anunciou nesta ontem (18), que obteve resultados “positivos provisórios” na fase inicial dos ensaios clínicos de sua vacina contra o novo coronavírus por oito voluntários, a serem ampliados em larga escala em julho.

O composto produziu uma resposta imune em oito pacientes que o receberam, aproximadamente da mesma magnitude daqueles que pegaram o vírus, informou a empresa. “A fase provisória 1, embora em estágio inicial, demonstrou que a vacinação com o mRNA-1273 produz uma resposta imune da mesma magnitude que a provocada por infecção natural”, afirmou Tal Zaks, diretor médico da Moderna, em comunicado.

A empresa afirmou que a vacina “tem potencial para prevenir a COVID-19”. Essa primeira fase também procurou verificar se a vacina não é tóxica. A Moderna relatou apenas alguns efeitos colaterais menores, como vermelhidão no local da injeção. A americana Moderna foi uma das primeiras empresas a fazer testes em humanos a partir de 16 de março.

O governo Donald Trump, em busca de 300 milhões de doses até janeiro para proteger sua população, investiu neste projeto e em mais dois: o da empresa farmacêutica americana Johnson & Johnson e o do laboratório francês Sanofi, que tem centros nos Estados Unidos. (AFP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Bahia tem mais 25 municípios com transporte suspenso; total chega a 174

Senado vota nesta terça proposta de adiar o Enem