in

Passageiros querem ser indenizados após assalto em ônibus da empresa Rosa

Portões fechados no Terminal Central de Ônibus. Foto: Ed Santos/Acorda Cidade.

Três passageiros do transporte coletivo de Feira de Santana reclamam uma indenização por danos morais, após serem vítimas de assalto. O fato teria ocorrido no interior de um coletivo, no terminal de transbordo central. A ação (nº 0511540-34.2017.8.05.0080) tramita na 2ª Vara da Fazenda Pública.

Eles querem uma indenização de R$ 33.207,99 da empresa Rosa e Prefeitura Municipal. O valor seria divido entre os três passageiros (R$ 10 mil para cada), além de R$ 3.207,99 a título de danos materiais.

Na ação, os passageiros contam que foram atacados por um homem enquanto o motorista do coletivo teria saído do carro na tentativa de trocar um dinheiro. No interior do coletivo estavam seis passageiros.

DANOS MATERIAIS
Segundo relato, o marginal que portava uma faca conseguiu roubar os celulares de todos os passageiros. Após o ataque o bandido fugiu sem deixar pistas. No terminal de transbordo não havia nenhum segurança ou guarda civil municipal.

A ação teve nova movimentação nesta quinta-feira (21). O juiz Gustavo Hungria determinou que os autores da ação (os três passageiros) se manifestem em razão de prazo.

O site Olá Bahia não conseguiu contato com o advogado dos passageiros. O portal também não conseguiu ouvir a Prefeitura nem a empresa Rosa. O nome das vítimas será mantido sob sigilo pelo site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Governo anuncia adiamento do Enem

Governo exonera secretário de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde que era contra a cloroquina