in , ,

Hemoba Feira teve 40% menos doações em 2020 no Junho Vermelho

O Hemoba Feira de Santana teve 40 % a menos de doações comparado ao mesmo período do ano passado, quando acontece o Junho Vermelho, mês de conscientização para doação de sangue, esse foi o balanço feito pela Coordenadora Administrativa do Hemoba Feira, Nilza Azevedo. O número baixo é reflexo da pandemia do novo coronavírus.

O esperado era receber 360 bolsas de sangue, “porém as pessoas ficaram com medo de sair para fazer a doação”, afirma Nilza. Os critérios para doação também foram modificados, pessoas que tiveram contato com outras infectadas devem aguardar 14 dias para doação, já os infectados devem aguardar 30 dias após o início dos sintomas, também não pode doar, pessoas que estejam com febre, ou qualquer sintoma gripal.

Mas uma boa notícia para o Hemoba, é no questionário para triagem, já que antes do Supremo Tribunal Federal derrubar restrições para doação de homens gays em maio deste ano, os bancos de sangue rejeitavam a doação de homossexuais que tenham feito sexo com outros homens nos 12 meses anteriores à coleta, diminuído assim o leque de doadores, Nilza expõe que com essa decisão tende a crescer o número de doações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Auxílio emergencial foi ‘pago’ a mais de 1.300 mortos

WhatsApp lança figurinhas animadas e modo escuro para a versão web