in

Operação Faroeste: Desembargador baiano cita colegas, seis juízes e cinco advogados em deleção na PGR

Uma nova deleção promete movimentar as investigações em torno da Operação Faroeste na Bahia. Um desembargador baiano, com atuação na área cível, teria citado os nomes de colegas, seis juízes e cinco advogados em sua deleção na Procuradoria Geral da República (PGR).

A delação, segundo apurou o site Olá Bahia, teria ocorrido na semana passada, em Brasília. O desembargador baiano teria apontado indício de irregularidades praticados por juízes e filhos de desembargadores no Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

O nome do desembargador ainda está sendo preservado pela PGR até a homologação de sua deleção.

OPERAÇÃO FAROESTE

A Operação Faroeste foi deflagrada na Bahia com a intenção de desmontar um esquema de venda de decisões judiciais no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ) para a grilagem de terras no oeste baiano.

Inicialmente, as investigações tinham foco, apenas, na venda de sentenças judiciais junto ao TJ. Com as novas delações, algumas ainda em sigilo, a PGR deve ampliar sua atuação, ampliando o rol de investigados e entidades sob suspeita.

O site Olá Bahia continua apurando o caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Prefeitura de Feira de Santana pretende distribuir kit alimentação entre alunos da rede municipal com apenas 12 itens

Feira de Santana abre Processo Seletivo Simplificado Emergencial para vagas de Agente comunitário de saúde e Agente de combate às endemias