in

Pastor Tom é afastado pelo Presidente do TSE e posse de Josafá Marinho é determinada na AL-BA

Em decisão proferida nesta quarta-feira (2), o Presidente do TSE executou um julgado para determinar a comunicação imediata ao TRE/BA e à Assembleia Legislativa do Estado da Bahia da publicação, em 25.8.2020, do acórdão que cassou o mandato do deputado estadual Pastor Tom (PSL).

A decisão acontece em resposta a petição formulada pelos advogados Mauro Menezes e Luiz Viana que representam Josafá.

Tom foi cassado em junho, por falta de comprovação de filiação em 2018, tendo como pena ainda, a inelegibilidade por 8 anos. Assim, o presidente do TSE deferiu o cumprimento imediato do julgado, com o afastamento do parlamentar e a posse do seu suplente, Josafá Marinho.

Tom, que é pré candidato a prefeitura de Feira de Santana e presidente do Fluminense de Feira, migrou do Patriotas ao PSL no início de 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Neymar e outros dois atletas do PSG estão com Covid-19

Relatório da PF mostra que Bolsonaro recomendou demissão a Moro