in ,

Tartaruga gigante ameaçada de extinção que encalhou é levada para Projeto Tamar

A tartaruga-de-couro, conhecida também como tartaruga gigante, que encalhou em praias do sul da Bahia, foi levada para a sede do Projeto Tamar, em Mata de São João – Região Metropolitana de Salvador. Segundo o órgão, a transferência ocorreu durante trabalho conjunto do Inema com especialistas da ONG Coração de Tartaruga, no sábado (24).

De acordo com Luciana Medeiros, assessora de pesquisa da Coordenação Nacional de Pesquisa e Conservação da Fundação Projeto Tamar, a tartaruga está em reabilitação e ainda não há previsão de retorno dela ao mar, por causa do quadro de saúde .

Segundo o Projeto (A)mar, que trabalha no monitoramento e preservação de tartarugas, o animal, que é uma fêmea adulta com cerca de 2 metros, está ameaçado de extinção.

A tartaruga foi achada encalhada pela primeira vez em Ilhéus – Região Sul Baiana – no dia 15 de outubro, com uma das nadadeiras dianteiras amputadas. Ela estava debilitada quando foi encontrada e foi analisada e estabilizada pelos ambientalistas. Após a avaliação, ela foi devolvida em uma praia onde o mar é mais calmo, sem ondas.

Já na quinta-feira (22), ela foi encontrada encalhada na praia de Piracanga, em Maraú, distante quase 150 km de Ilhéus. Como ela foi achada em uma região pesqueira, a suspeita é que o encalhe tenha sido provocado por emalhe em materiais de pesca. O animal que, na ocasião, estava bastante debilitado foi resgatado por equipes do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema).

Desde que foi solta, após o primeiro encalhe, a tartaruga estava sendo monitorada à distância. A fase de alerta do monitoramento dura entre 72 horas e 96 horas, mas o animal foi encontrado 104 horas depois de ser devolvido ao mar, quando essa etapa já tinha sido encerrada.

De acordo com os ambientalistas, tartarugas-de-couro conseguem sobreviver em vida livre mesmo com uma só nadadeira dianteira. Conforme informações do Projeto (A)mar, a tartaruga-de-couro é uma espécie oceânica e se aproxima da costa durante o período reprodutivo. Mesmo sendo rara, animais da espécie têm sido encontrados pelo país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Padre que ficou desaparecido na PB forjou sequestro

Mata de São João: por decisão do TJ, Câmara de Vereadores vai retomar CPI que apura denúncia de corrupção que envolve João Gualberto