in ,

Após eleição, prefeito de Mata de São João reajusta salários e demite mais de 290 servidores

Mesmo após a demissão de mais de 290 servidores municipais, alegando, dentre muitas coisas, a contenção de despesa, o prefeito de Mata de São João, Marcelo Oliveira, conseguiu a aprovação do aumento do salário do prefeito e vice-prefeito que assumirão no ano que vem,

A proposta de aumento foi enviada para votação após o resultado das eleições. Além dos subsídios de prefeito e vice, Marcelo Oliveira também pediu a aprovação dos salários maiores para os secretários municipais.

A sessão que envolveu muitas polêmicas, ocorreu na noite da última terça-feira (15).
Com a aprovação, o salário do prefeito será de R$ 19.900, enquanto o de vice-prefeito de R$ 19.500. Antes do reajuste, o subsídio de prefeito era R$ 17.500 e vice R$ 12.900. Os secretários municipais terão um subsídio de R$ 15 mil, que antes era R$ 12.800.

Além de reajustar os vencimentos dos aliados, o prefeito Marcelo Oliveira está exonerando diversos servidores. A oposição acusa que Oliveira está desfazendo agora as muitas contratações que fez para angariar apoio político para as eleições.

Desde o fim das eleições, mais de 290 servidores já foram exonerados.

FAVORECIMENTO
A vice-prefeita de Mata de São João, Lulu Cardoso, ressalta que todas essas medidas adotadas pelo prefeito Marcelo Oliveira visam atender a interesses de aliados, em especial, o prefeito eleito João Gualberto.

Ela classifica a medida com estelionato político. “Durante a eleição, foi prometido a valorização do servidor, a manutenção dos empregos e salários durante a pandemia. Mas na prática, após a eleição, o que vemos é um total desrespeito ao nosso povo”, critica Lulu.

Outro ponto destacado por Lulu Cardoso coloca em “xeque” a motivação das demissões. “Ele [prefeito Marcelo Oliveira] diz por aí que as demissões atendem a recomendação do TCM. Como, se nem mesmo o limite prudencial de contratação, de 51,3%, foi atingido? Estamos diante de mais um descaso com a nossa gente”, questiona.

Para a atual vice-prefeita, Marcelo Oliveira estaria atuando em favorecimento ao prefeito eleito [João Gualberto] de Mata de São João. “Ele está arrumando a casa para o seu sucessor, como se diz. Além de reajustar os salários deles, o prefeito Marcelo Oliveira está cometendo um crime com a demissão de centenas de servidores. São pais e mães de família que neste Natal ficarão desempregados”, denunciou.

O prefeito Marcelo Oliveira não foi localizado para comentar o caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Bombeiro de folga resgata mulher e cachorros que estavam dentro de imóvel em chamas na Bahia

Governo destina R$ 20 bi para vacinação da população contra covid-19