Os funcionários da Superintendência de Trânsito e Transportes de Salvador (Transalvador) paralisam as atividades a partir desta quarta-feira (5), durante 48 horas. A decisão foi tomada pelos servidores ligados à Associação dos Servidores em Transporte e Trânsito do Município (Astram), em assembleia realizada na última sexta-feira (31).

A previsão é de que os funcionários façam uma nova assembleia pela agora manhã e saiam em passeata do pátio da Gerência de Trânsito (Gtran) até a sede da prefeitura, na Praça Municipal. Em nota, a Transalvador informou que mantém canais de diálogo aberto com a Astram e o Sindicato dos Servidores de Trânsito e Transporte de Salvador e Região Metropolitana (Sindttrans) há dois anos e afirmou que não há motivos para a paralisação.

“Um dos grandes desejos da categoria, a manutenção do plano de saúde, foi atendido, e avanços na estrutura, como o fardamento e equipamentos foram renovados”, diz a nota.

Reivindicações

A categoria reclama da falta de avanços nas negociações salariais deste ano e pelo não retorno dos servidores transferidos para a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob). Conforme declarou o presidente da Astram, Luiz Bahia, ao site Correio 24 Horas, servidores da área de transporte foram transferidos para Semob no mês de janeiro e, mesmo após solicitações, os funcionários não retornaram para Transalvador.

Os trabalhadores também reivindicam a divulgação de um calendário de concurso para as áreas de trânsito e transporte. O último processo seletivo foi realizado em 2003. “Do jeito que as coisas estão, vão entregar todo sistema de trânsito e transporte para iniciativa privada e daqui a pouco teremos como única atribuição multar. Demoramos muito para conseguir que nossa atividade fosse reconhecida e inserida na Constituição Federal, através da Emenda Constitucional nº 82/14, e não vamos deixar nossas funções serem usurpadas”, reclama André Camilo, vice-presidente da Astram.

Com informações do Correio 24 horas.

Foto de capa: aratuonline.com.br.

Projeto de lei do Senado que determina a separação de presos condenados ou provisórios de acordo com a gravidade do delito praticado pelo detento, foi aprovado nesta terça-feira (4) em caráter conclusivo pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara.

Caso não haja recurso para a apreciação da matéria pelo plenário da Câmara, o projeto será encaminhado à sanção presidencial, por já ter sido aprovado pelo Senado.

De acordo com o texto aprovado, os presos provisórios serão separados em: acusados por crimes hediondos; acusados por crimes com grave ameaça ou violência à vítima; não considerados hediondos e por crimes diversos. Nos casos dos presos condenados, a separação se dará por condenados por crimes hediondos; primários ou reincidentes; condenados por crimes com grave ameaça ou violência à vítima e condenados por crimes diversos.

De acordo com o relator do projeto, deputado Esperidião Amin (PP-SC), atualmente os presos são separados pelos tipos de crimes praticados, ou seja, são colocados no mesmo local os autores de crimes não violentos e os que cometeram crimes hediondos.

*Agência Brasil

Cia de Teatro Lorena Pio Foto: divulgação

Cia de Teatro Lorena Pio
Foto: divulgação

Seguem até o dia 15 de agosto, as inscrições para o curso de teatro “Subo neste Palco”, promovido pela Cia de Teatro Lorena Pio.

Com início das aulas no próximo sábado (15), as novas turmas do curso de iniciação ao teatro contarão com a infra-estrutura e segurança da Academia de Dança Adalgisa Rolim, no Shopping Villas Boulevard, em Vilas do Atlântico.

As aulas acontecerão aos sábados, sendo o infanto-juvenil pela manhã, das 9h às 12h, e o adulto à tarde, das 14h às 17h. O curso tem duração de 6 meses e a mensalidade custa R$ 200.

As inscrições podem ser realizadas através do e-mail ciadeteatrolorenapio@gmail.com, mediante solicitação de ficha.

Serviço
Curso de teatro “Subo neste Palco”
Data: Aos sábados, a partir do dia 15 de agosto
Horário: Turma infanto-juvenil (manhã): 9h às 12h – Turma adulta (tarde): 14h às 17h
Local: Academia de Dança Adalgisa Rolim – Av. Praia de Itapoã, s/n, Shopping Villas Boulevard (3º Piso), Vilas do Atlântico.
Investimento: R$ 200 (mensalidade)
Maiores informações: ciadeteatrolorenapio@gmail.com ou (71) 9222-5289

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A Prefeitura de Salvador, através da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), reabre às 10h desta quarta-feira (05) o Plano Inclinado Pilar, que liga a Rua do Pilar, na Cidade Baixa, ao bairro de Santo Antônio Além do Carmo. Construído em 1897, o equipamento está fechado desde o início de 2013 e foi totalmente recuperado a um custo de R$ 910 mil. O prefeito ACM Neto e o secretário de Mobilidade, Fábio Mota, estarão presentes no evento.

A reforma incluiu a instalação de portões automatizados de acesso nos setores de embarque superior e inferior; fornecimento e instalação de comandos microprocessadores com sistema de inversor de frequência variável; novos blocos e segurança nas cabines dos bondes; substituição de fiações elétricas e cabo de aço; mesa de operação automatizada que controla a movimentação e acionamento dos bondes; instalação de sistema de câmera para monitoramento de embarque dos patamares de acesso superior e inferior; novos quadros de força de acionamento do bonde e sistema de iluminação do prédio; pintura geral dos patamares superiores e inferiores e da área externa do prédio; construção de rampa de acesso da área externa; e automação do elevador de Portadores de Necessidades Especiais (PNE).

Unidade de Saúde da Família do Alto do Cruzeiro, em Salvador. Foto: Adenilson Nunes/GOVBA

Unidade de Saúde da Família do Alto do Cruzeiro, em Salvador. Foto: Adenilson Nunes/GOVBA

O secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, disse que o número de médicos a serviço da atenção básica na Bahia será ampliado ainda este ano. A declaração foi feita nesta terça-feira (4) após sua participação na cerimônia que marcou os dois anos de implementação do programa Mais Médicos, no Palácio do Planalto.

“Já são mais de 300 municípios beneficiados na Bahia, onde mais de 1.300 médicos foram capazes de amplificar a cobertura da atenção [básica]. A expectativa é receber uma nova leva de médicos, até o final do ano, o que contribuirá para que possamos cobrir todo o território do nosso estado, que é extenso e precisa de mais médicos”, disse Vilas-Boas.

De acordo com o governo, a última turma de médicos que chegou à Bahia neste ano por meio do programa foi composta por 35 profissionais, a maior parte deles brasileiros e baianos que se formaram em universidades da América Latina.

A Unidade Regional da Embasa em Feira de Santana está intensificando a fiscalização para combater os casos de furto de água, os famosos “gatos” no município. Somente este ano, a empresa já identificou mais de 770 ligações clandestinas de água, causando um prejuízo estimado em torno de R$ 350 mil. Há duas semanas, por exemplo, os técnicos da empresa identificaram uma ligação clandestina numa obra de um centro comercial na Av. Getúlio Vargas, a mais importante da cidade. A suspeita é que a água estivesse sendo usada de maneira irregular desde 2013, porque a ligação no imóvel estava suprimida.

Foto/BahiaRecôncavo

Foto/BahiaRecôncavo

O gerente comercial da Embasa, Lucas Araújo, considera este quantitativo muito expressivo, relembrando que em todo o ano de 2014 foram localizados um total de 900 irregularidades nas zonas urbana e rural de Feira, onde foram perdidos mais de 37 mil m³ de água e gerado um prejuízo em torno de R$ 400 mil. “O cliente que paga sua água em dia é prejudicado por casos como este. Estamos atuando para combater as fraudes e fornecer água para quem realmente precisa”, informou.

Este ano, a Embasa já identificou uma perda com os ‘gatos’ de cerca de 30 mil m³ de água. “O prejuízo financeiro é grande, mas o risco para a população é maior ainda, porque a água pode ser contaminada através de uma ligação clandestina que não segue os padrões técnicos”, explica o gerente. “Além disto, pode causar o desabastecimento, porque o cliente que faz a ligação com fraude não se preocupa com o consumo e gasta demais”, afirma.

Penalidades – O furto de água é um crime previsto no Código Penal, com pena prevista de um a quatro anos de reclusão. Identificados os “gatos”, a Embasa tem aberto queixas na polícia, que faz a perícia para constatar o consumo irregular. O usuário é notificado e tem um prazo de 15 dias para apresentar-se à empresa, que vai aplicar multa e cobrar a água consumida de maneira clandestina.

Técnicos e Analistas protestam na Uesb. Fotos: Wellington Nery

Técnicos e Analistas protestam na Uesb. Fotos: Wellington Nery

Servidores da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), campus de Jequié, fizeram um protesto na tarde desta terça-feira (4). Técnicos e analistas da universidade realizaram um enterro simbólico das universidades públicas do estado.

De acordo com informações do Blog Marcos Frahm, os manifestantes alegam “falta de atenção do Governo, que segundo eles, têm dialogado apenas com os professores e cobram soluções efetivas para os problemas apontados”.

Ainda de acordo com o blog, os manifestantes cobram “reposição das perdas salariais que se acumulam nos últimos oito anos, equilíbrio nas autorizações de aumento salarial, abertura imediata de concurso público para a Uesb, além de debate qualificado da Lei 7.176/97 junto a todas as categorias das Instituições de Ensino Superior da Bahia antes do envio para a Assembleia Legislativa”.

Uesb, Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) estão em estado de greve por mais de 80 dias.

A primeira reunião de trabalho da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), realizada nesta terça-feira (4), resultou na criação de comissões de senadores para ouvir, na Suíça, o ex-presidente da CBF, José Maria Marin, e, nos Estados Unidos, o empresário José Hawilla, presos por envolvimento em corrupção no futebol.

Os requerimentos aprovados são de autoria do presidente da CPI, senador Romário (PSB-RJ), que também ficará encarregado de designar os membros das duas comitivas. A votação ocorreu na ausência do relator da CPI, senador Romero Jucá (PMDB-RR), que não participou da reunião.

Romário também anunciou que ainda nesta terça-feira terá uma reunião com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e membros do Ministério Público e da Polícia Federal, de modo a definir a melhor estratégia para que as autoridades brasileiras solicitem às polícias suíça e norte-americana informações sobre as investigações que resultaram na prisão de Marín e Hawilla.

A investigação americana sobre episódios de fraude e corrupção na Federação Internacional de Futebol (Fifa), inclusive na escolha dos países-sede das copas de 2008 e 2010, motivou a criação da CPI da CBF no Brasil. Marin e Hawilla foram presos por causa de denúncias do FBI, em parceria com a polícia suíça. De acordo com o presidente da CPI, a expectativa é que na próxima semana o relator possa apresentar um plano de trabalho aos demais membros da comissão. Com o plano, também deve ser apresentado um cronograma, que deverá guiar os próximos passos da CPI.

*Agência Brasil

Dira Paes está grávida do segundo filho. Foto: Alex Palarea e Felipe Assumpção/AgNews

Dira Paes está grávida do segundo filho. Foto: Alex Palarea e Felipe Assumpção/AgNews

Inácio, filho de cinco anos da atriz Dira Paes, terá um irmãozinho. No programa Encontro, da TV Globo, desta terça-feira (4), a atriz que está com seis meses de gestação revelou o sexo do bebê.

“O Inácio queria uma menina, mas durou um segundo. Ele sabe que é o irmão que vai herdar as camisas dele”, disse. O nome do bebê ainda não foi definido. “Eu, ele e o pai estamos em dúvida. Vamos olhar para a carinha e ver”. Dira tem 46 anos e é casada com o cineasta Pablo Baião.

Deputado Luciano Simões Filho já reuniu 22 assinaturas para instalação da CPI  Foto: Reprodução

Deputado Luciano Simões Filho já reuniu 22 assinaturas para instalação da CPI
Foto: Reprodução

A oposição da Assembleia Legislativa da Bahia promete colocar uma pedra no sapato do governo estadual. O deputado Luciano Simões Filho (PMDB) reuniu 22 assinaturas para a abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para investigar as “pedaladas fiscais” do Governo do Estado. A notícia foi dada pelo parlamentar, em pronunciamento no plenário da Casa, nesta terça-feira (4/8). De acordo com Luciano, a CPI deve começar investigando os atrasos nos pagamentos das obras transferidas da extinta Superintendência de Construções Administrativas da Bahia (Sucab) para a Secretaria de Educação (SEC).

Unit´