in ,

Justiça concede medida protetiva a Duda Reis contra Nego do Borel

Nego do Borel Foto: Divulgação

Após ser acusado de estupro de vulnerável, injúria, ameaças, violência doméstica e lesão corporal, o cantor Nego do Borel está proibido de citar o nome de sua ex-noiva, Duda Reis, publicamente. Este foi um dos pedidos que Duda fez em suas medidas protetivas contra o artista.

A atriz também alega que contraiu HPV (infecção sexualmente transmissível) do cantor. O pedido ressalta também que o cantor está proibido de fazer qualquer contato ou se aproximar da ex. O processo aponta que ele deve manter uma distância de ao menos 500 metros da modelo e dos seus familiares.

Segundo o portal UOL, Duda deu um longo depoimento para a polícia e detalhou as agressões e ainda pontuou quando aconteceram.

Nego do Borel nega as acusações e registrou ocorrência contra Duda no Rio de Janeiro, por difamação. A polêmica envolvendo os dois explodiu após um áudio de uma suposta traição do cantor com uma influenciadora — que, até então, era amiga de Duda, Lisa Barcelos, — foi divulgado pela colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

No áudio, Lisa aborda momentos íntimos dentro da casa com o cantor, na Barra da Tijuca, onde ele morava com Duda até o fim do noivado.

Embora o áudio tenha sido divulgado apenas na terça-feira, 12, ele já havia sido vazado entre eles anteriormente. Nego e Lisa, na época, disseram se tratar de uma pegadinha. No entanto, na última terça-feira, 12, Lisa afirmou ao colunista Leo Dias que o fato realmente aconteceu, ressaltando que foi apenas uma vez.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Governo Bolsonaro é alvo de panelaços em Salvador e diversas cidades brasileiras

INSS: prazo para recorrer de auxílio-doença negado termina hoje