50 casos de Guillain-Barré na Bahia

Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Em boletim divulgado na tarde desta terça-feira (21), a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), através da Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde (Suvisa), informa que até as 10h de hoje foram notificados 106 casos da Síndrome de Guillain-Barré na Bahia. Desses, 50 foram confirmados, sendo que 48 apresentavam histórico de têm histórico de dengue, zika ou chikungunya, e dois não.

Os municípios com o maior número de casos confirmados são Salvador (38), Feira de Santana (3) e Valença (2). Uma mulher de 26 anos já morreu vítima da doença no estado. A Sesab indica ainda que 26 casos estão sendo investigados, 24 já foram descartados. A secretaria informa que um novo boletim será divulgado na sexta-feira (24).

De acordo com o governo do estado, o número de leitos reservados para receber apenas pacientes com a síndrome aumentou de 18 para 36. O governo informou também que pediu ao governo federal um aporte de R$ 15 milhões para enfrentamento das epidemias.