Abertas inscrições para prêmio de jornalismo da OAB Bahia

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

20150414_210207

 

As inscrições até o dia 1º de junho as inscrições para o prêmio OAB de Jornalismo Barbosa Lima Sobrinho para as categorias impresso (texto e fotojornalismo), televisão, rádio e webjornalismo. Durante o lançamento do prêmio, criado em homenagem ao advogado, jornalista e escritor Barbosa Lima Sobrinho, serão apresentados o edital, as categorias e as regras do concurso, que premiará os melhores trabalhos produzidos sobre o tema “Justiça e Direitos Fundamentais”, no período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2014. Interessados poderão acesar o link.

As premiações serão entregue dia 15 de setembro, às 15h00 na sede da OAB. O prêmio OAB-BA de jornalismo “Barbosa Lima Sobrinho” será conferido aos autores dos trabalhos colocados em 1º e 2º lugares, por categoria, sendo para o 1º lugar, diploma, medalha comemorativa do evento e um cheque no valor de R$ 5.000. Para o 2º lugar, diploma, medalha comemorativa do evento e um cheque no valor de R$ 3.000. O primeiro prêmio para a categoria imprensa escrita terá ainda uma placa comemorativa ao centenário de Jorge Calmon.

“Este é um concurso que resgatamos nesta gestão, para valorizar os profissionais de comunicação. Poderão participar do concurso jornalistas profissionais, radialistas e repórteres fotográficos, portadores do registro profissional, que tenham divulgado trabalhos em emissoras de rádio e televisão, sites ou na imprensa escrita, na Bahia, tratando sobre temas relacionados à Justiça e aos Direitos Fundamentais”, explica o vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-BA, Eduardo Rodrigues, responsável pela apresentação do prêmio no evento.

A comissão Julgadora será composta por três advogados indicados pela diretoria da OAB-BA e dois jornalistas, sendo um indicado pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Bahia – SINJORBA – e, outro, pela Associação Baiana de Imprensa – ABI.