ACM Neto assina carta de compromisso social e ambiental no Vaticano

ACM Neto em reunião com os prefeitos que são membros do C40, grupo de discussões mundiais sobre os efeitos da poluição no clima do planeta. Neto foi o único representante brasileiro a participar desse encontro. Foto: Reprodução/Facebook ACM Neto
ACM Neto em reunião com os prefeitos que são membros do C40, grupo de discussões mundiais sobre os efeitos da poluição no clima do planeta. Neto foi o único representante brasileiro a participar desse encontro. Foto: Reprodução/Facebook ACM Neto

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Uma comitiva de prefeitos brasileiros, dentre eles o de Salvador, ACM Neto, participou de um encontro a convite do papa Francisco, no Vaticano, realizado nesta terça-feira (21). Ao todo, 60 gestores de diversas cidades do mundo estiveram presentes no workshop “Escravidão Moderna e Mudanças Climáticas: o Compromisso das Cidades”, para tratar dos desafios enfrentados pelas cidades. Na ocasião, todos assinaram uma carta de compromisso de promoção de melhorias sociais e econômicas para os cidadãos.

O papa Francisco fez uma reflexão sobre o tema da Encíclica Social, a primeira redigida por ele desde que assumiu o pontificado. “Não se pode separar o homem do ambiente natural e social”. O sumo pontífice agradeceu a presença de todos os prefeitos e disse que sem o engajamento de todos não haverá avanço na integração entre ambiente natural e social. O encontro discutiu escravidão moderna, consequências das mudanças climáticas, mobilidade urbana e outras demandas municipalistas e sociais.

Delegação brasileira da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) presente no Vaticano Foto: Divulgação
Delegação brasileira da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) presente no Vaticano
Foto: Divulgação

Antes do encontro com o papa Francisco, o prefeito ACM Neto foi o único representante brasileiro na reunião do C40 (Cities Climate Leadership Group), realizada nesta manhã no Vaticano e que contou ainda com a participação de prefeitos de diversas capitais do mundo. Salvador ingressou oficialmente em maio deste ano na lista de capitais envolvidas nas principais discussões mundiais sobre os efeitos da poluição no clima do planeta.

Iniciada na segunda-feira (20), a programação prossegue até quarta-feira, com o simpósio “Cidades e o Desenvolvimento Sustentável”. A comitiva brasileira é composta ainda pelos prefeitos de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, também presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP); de São Paulo, Fernando Haddad; de Curitiba, Gustavo Fruet; de Porto Alegre, José Fortunati; e de Goiânia, Paulo Garcia, além do assessor especial para o C40, Rodrigo Rosa, representando o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes.

ACM Neto em reunião com os prefeitos que são membros do C40, grupo de discussões mundiais sobre os efeitos da poluição no clima do planeta. Neto foi o único representante brasileiro a participar desse encontro. Foto: Reprodução/Facebook ACM Neto
ACM Neto em reunião com os prefeitos que são membros do C40, grupo de discussões mundiais sobre os efeitos da poluição no clima do planeta. ACM Neto foi o único representante brasileiro a participar desse encontro. Foto: Reprodução/Facebook ACM Neto