Advogados baianos vão às urnas eleger o novo presidente da OAB-BA

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

A Eleição OAB 2015 em Salvador e nas 34 subseções da Ordem dos Advogados do Brasil em todo o estado acontece neste quarta-feira (25). Quatro chapas concorrem à presidência da OAB da Bahia para o triênio 2016-2018: Mais OAB N° 86, Presidente Luiz Viana; Coragem Para Renovar N° 77, Presidente Carlos Rátis; OAB Livre N° 17, Presidente José Nelis e Nova OAB N°25, Presidente Fabiano Mota. A votação começa às 9h e termina às 18h e o voto é obrigatório para os 25.645 advogados baianos aptos a votar.

Na capital baiana a votação ocorrerá no Centro Espanhol, em Ondina, que reunirá 34 seções eleitorais divididas em três grandes setores. Setor 1 – Salão Pepe Otero, seções de 11 a 28; Setor 2 – Pátio Andaluz, seções 1 a 10; Setor 3 – Capela, Seções 29 a 34. No interior do estado serão 41 seções de votação distribuídas pelas 34 subseções da OAB-BA. As seções funcionarão nas sedes das subseções e em salas da OAB nos fóruns.

Saiba onde votar – No link ‘Consulta Situação’ (http://eleicoes2015.oab-ba.org.br/situacao_advogado), no especial Eleições 2015 no site da OAB-BA, utilizando o seu número de inscrição da OAB-BA, CPF e número CNA (aquele que aparece acima do chip na carteira, formado por 8 dígitos) o advogado pode consultar seu local de votação e se certificar de que se encontra apto a votar.

Transporte gratuito – Em Salvador a OAB-BA oferecerá transporte gratuito para os eleitores nesta quarta-feira (25). E a Seccional recomenda fortemente que os advogados deixem os carros em suas casas ou escritórios e utilizem o sistema de vans, evitando congestionamentos e dificuldades para estacionar, problemas agravados pelas obras na região.

 

Apuração – Após o encerramento da votação as mesas receptoras de votos serão convertidas em mesas apuradoras e os resultados serão transmitidos para a central de totalização instalada no Centro Espanhol. Após apurados todos os votos, a comissão eleitoral proclamará os eleitos.