Ambulância do SAMU de Feira quebra e porta precisa ser amarrada com atadura

CB29EA76-A5F8-4242-A931-160D63DB10F5-1024x853

Um fato inusitado repercutiu, chamando a atenção para as condições precárias de serviço do SAMU de Feira de Santana. Durante atendimento, a porta de uma ambulância quebrou e precisou ser amarrada com uma atadura.

O fato ocorreu no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) e o veículo é de posse da Prefeitura Municipal que, em nota, informou “que o veículo não está disponível para os atendimentos e foi encaminhado à oficina para realizar os devidos reparos, visando restaurar sua plena funcionalidade”.

Um perfil criado nas redes sociais denunciou a situação: “A gestão municipal destruiu o SAMU? SAMU pede socorro”, protestou funcionários, em anonimato. O vídeo deu o que falar até mesmo na imprensa da capital.

Ainda de acordo com a Prefeitura, as ambulâncias da frota municipal são vistoriadas com frequência, passando por manutenções preventivas e corretivas, para garantir uma execução segura do serviço.

Outras Notícias