Artista plástico e cineasta Chico Liberato é espancado em casa por bandidos no Trobogy

Artista plástico e cineasta Chico Liberato é espancado em casa por bandidos no Trobogy. Foto: Angeluci Figueiredo/Arquivo CORREIO

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Artista plástico e cineasta Chico Liberato é espancado em casa por bandidos no Trobogy. Foto: Angeluci Figueiredo/Arquivo CORREIO
Artista plástico e cineasta Chico Liberato é espancado em casa por bandidos no Trobogy. Foto: Angeluci Figueiredo/Arquivo CORREIO

O artista plástico e cineasta Chico Liberato, 79 anos, foi espancado na noite deste domingo (20) no bairro do Trobogy, em Salvador. De acordo com informações do Correio, dois homens invadiram a casa dele e, como não encontraram dinheiro, agrediram o cineasta até ele desmaiar.  “Ele fraturou o osso da face e primeira vértebra da coluna cervical”, disse ao Correio a filha Chico Liberato, Cândida Liberato. Ainda de acordo com o site, o artista está internado no Hospital da Bahia. “A situação dele está sob controle”, disse Cândida ao informar também que os criminosos já vinham rondando a casa do pai dela. “Eles são usuários de crack da região”, disse.  Chico Liberato também é pai da atriz Ingra Liberato. Ele produziu o filme Boi Aruá (1983), terceiro longa metragem de animação de feito no Brasil. Dirigiu o filme de animação Ritos de Passagem (2012). (Olá Bahia)