Autoteste do HIV deve estar à venda no primeiro semestre de 2016

Foto: Reprodução/Minuto Farmácia
Foto: Reprodução/Minuto Farmácia

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

O autoteste para detecção do vírus HIV deverá estar à venda nas farmácias do país no primeiro semestre do próximo ano. A informação foi divulgada nesta terça-feira (01) pelo ministro da Saúde, Marcelo Castro. De acordo com informações da Agência Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou as regras para o registro do autoteste na edição desta segunda-feira (30) do Diário Oficial da União. O Brasil será um dos poucos países a adotar a estratégia.

A Resolução N° 52 da Anvisa determina que os produtos devem trazer informações claras sobre o uso eficaz e seguro e para a correta interpretação dos dados, incluindo ilustrações. Também está previsto que os produtores devem colocar à disposição dos usuários um telefone de suporte 24 horas durante toda a semana, além de exibir na embalagem a indicação do Disque Saúde (136), do Ministério da Saúde. Os autotestes poderão ser disponibilizados por farmácias, drogarias, postos de medicamentos e serviços de saúde ou em programas de saúde pública.