Bahia empata com Ceará, mas continua no G4

Bahia perdeu oportunidade de alcançar vice-liderança na Série B (Foto: Christian Alekson/Ceará)
Bahia perdeu oportunidade de alcançar vice-liderança na Série B (Foto: Christian Alekson/Ceará)

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Bahia perdeu oportunidade de alcançar vice-liderança na Série B (Foto: Christian Alekson/Ceará)
Bahia perdeu oportunidade de alcançar vice-liderança na Série B (Foto: Christian Alekson/Ceará)

Na abertura da 26ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Bahia visitou o Ceará em Fortaleza sabendo que uma vitória poderia lhe deixar na cola do líder Botafogo. Porém, o empate em 2 a 2 na Arena Castelão frustrou as expectativas dos dois lados. Com o resultado, o Tricolor de Aço chegou a 45 pontos e ocupa a última posição do G4. O empate também não simplifica a vida do Vovô, que ainda ocupa a zona de rebaixamento com 25 pontos somados. São quatro a menos do que o Atlético-GO, primeiro time fora da degola.

Empurrado pela sua torcida na Arena Castelão, o Ceará não perdeu tempo antes de sair para o ataque pela primeira vez. Aos quatro minutos, Rafael Costa quase iludiu o goleiro adversário, mas falhou na conclusão. No lance seguinte, Ávine fez falta sobre Mazola. Na cobrança, Ricardinho obrigou Omar a espalmar. Ainda impondo pressão, o Vovô voltou a chegar na área do Bahia aos nove minutos. Após cobrança de escanteio, Sandro subiu mais do que a zaga tricolor e testou para nova defesa do arqueiro. Depois de uma série de tentativas de Rafael Costa, todas de cabeça, o primeiro gol do Ceará finalmente saiu. Curiosamente, entretanto, o placar foi inaugurado graças a um cabeceio de um jogador do Bahia.

Aos 27 minutos do primeiro tempo, o lateral Ávine se antecipou para cortar um cruzamento de Victor Luis e, sem querer, colocou a bola contra a própria rede, surpreendendo o goleiro Omar. Para a sorte do atleta, o empate do Tricolor de Aço veio apenas nove minutos depois. Aos 36, em cobrança de escanteio de Eduardo, o atacante Roger subiu livre e estufou a rede do Ceará. Ainda na etapa inicial, Thales cometeu falta sobre Rafael Costa na entrada da área. Responsável pela cobrança, Ricardinho mirou o ângulo de Omar e acabou acertando a trave, incendiando ainda mais a participação da torcida alvinegra. Em contra-ataque rápido, Roger se livrou de Sandro e acionou Tiago Real, que completou para o gol. Sete minutos depois, no entanto, Júlio César venceu a zaga do Bahia na disputa de bola e tocou de leve, por cobertura, para superar Omar, selando de vez o empate na Arena Castelão.