Bairros de Salvador: Graça

GRAÇA

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
A Abadia onde estão os restos mortais de Catarina Paraguaçu
A Abadia onde estão os restos mortais de Catarina Paraguaçu

O bairro da Graça é um dos mais antigos de Salvador e está situado onde inicialmente era conhecido como Vila Velha. A sua localização no alto de um morro tinha uma função estratégica, possibilitando uma vista panorâmica do mar, que ajudava a prevenir possíveis ataques inimigos.

Na Graça, está situada a primeira igreja de Salvador e uma das primeiras do Brasil, a Igreja e Abadia de Nossa Senhora da Graça,4 construída por ordem de Catarina Paraguaçu, mulher de Diogo Álvares Correia, o Caramuru, e que abriga a Ermida de Nossa Senhora da Graça.

Pátio interno da Igreja e Abadia de Nossa Senhora  da Graça
Pátio interno da Igreja e Abadia de Nossa Senhora da Graça

Próxima ao local onde residia o casal Paraguaçu, a igreja foi fundada por volta de 1535 e é também o santuário mariano mais antigo do Brasil. A Igreja é rica em elementos históricos: estão nela os restos mortais de Catarina Paraguaçu e a imagem no altar-mor é a mesma encontrada por Caramuru e Paraguaçu, cuja visão milagrosa é descrita em tela da sacristia e no teto da nave. A fonte de Nossa Senhora da Graça, recentemente reformada, é outro atrativo deste bairro.

Antigas mansões ainda resistem à modernidade na Graça
Antigas mansões ainda resistem à modernidade na Graça

Campo da Graça, já desaparecido, foi a principal praça desportiva da capital baiana durante a primeira metade do século XX, até a edificação do estádio da Fonte Nova.

O bairro da Graça é considerado uma área residencial nobre de Salvador, ainda que sua ocupação atual seja mista, com variedade de serviços, comércio sofisticado, instituições culturais e de ensino, restaurantes, farmácias, delicatesses e cafés.