Brasil vence México por 2 x 0

Foto: Site CBF
Foto: Site CBF

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Foto: Site CBF
Foto: Site CBF

A Seleção Brasileira derrotou o México por 2 gols a 0, no Allianz Parque, na tarde deste domingo. O amistoso de preparação para a Copa América, teve gol de Phillippe Coutinho, em jogada individual, e Tardelli. Desde que Dunga assumiu, a equipe permanece invicta, são nove vitórias, em nove jogos. O técnico não pode contar com o craque Neymar, pois o atacante disputou a final da Champions League no último sábado e só se apresentará a seleção brasileira na segunda-feira.

Paciência e precisão – A Seleção Brasileira começou a partida com domínio sobre o México, mas sem grandes chances. O Brasil conservava a posse da bola, enquanto os mexicanos aguardavam uma oportunidade para o contra-ataque. O ritmo cadenciado foi interrompido aos 27 minutos do primeiro tempo, quando Philippe Coutinho recebeu no canto esquerdo da pequena área. Ele levou a bola para o fundo e surpreendeu Corona com um chute certeiro entre o goleiro e a trave: 1 a 0.

O gol brasileiro forçou o México a buscar o ataque e o time de Dunga passou a encontrar mais espaços. Quando não havia, a paciência para trocar passes e esperar o melhor momento fez a diferença. Ainda na primeira etapa, aos 37, Willian encontrou Elias na entrada da área. Ele driblou para dentro e deixou Diego Tardelli livre para fazer 2 a 0.

Oportunidade para todos – No segundo tempo, os técnicos aproveitaram para fazer as seis substituições possíveis e dar mais ritmo de jogo visando à disputa da Copa América, que começa esta semana no Chile. Dunga colocou Fabinho, Casemiro, Douglas Costa, Everton Ribeiro, Felipe Ânderson e Firmino nos lugares de Danilo, Elias, Willian, Coutinho, Fred e Tardelli, respectivamente.

O México tentou diminuir com chutes de longe de Güémez e Jiménez, mas a tranquilidade de Jefferson não chegou a ser ameaçada. Willian investiu nas jogadas individuais e preocupou, constantemente, a defesa mexicana. Tanto que Corral e Rafa Márquez foram advertidos com cartão amarelo por faltas no jogador brasileiro. Houve tempo para Firmino aplicar um lindo drible na ponta esquerda e ser aplaudido pela torcida. Um reencontro feliz.