Cachoeira será sede do Governo da Bahia

A 'mudança' ressalta a importância da cidade na independência do país (Foto:Alberto Coutinho/AGECOM)
A 'mudança' ressalta a importância da cidade na independência do país (Foto:Alberto Coutinho/AGECOM)

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
A 'mudança' ressalta a importância da cidade na independência do país (Foto:Alberto Coutinho/AGECOM)
A ‘mudança’ ressalta a importância da cidade na independência do país (Foto:Alberto Coutinho/AGECOM)

A cidade de Cachoeira, no recôncavo baiano, será sede do governo da Bahia por um dia. A ‘mudança’ ocorre na próxima quinta-feira (25) com base na lei 10.695/07, que ressalta a importância da cidade na independência do país, já que, nesta data, em 1822, os moradores do município iniciaram as lutas pela independência, que culminaram com a batalha final de 2 de julho de 1823.
Na programação festiva que conta com presença de autoridades como o governador Rui Costa (PT) e diversos políticos do Estado, está previsto o hasteamento das bandeiras dos pavilhões do Brasil, Bahia e Cachoeira, seguida de um Desfile Militar na área externa da Câmara de Vereadores às 8h. Logo após, ainda na Câmara de Vereadores, haverá sessão solene em homenagem aos heróis da Independência da Bahia; a tarde a programação será finalizada com um Desfile Cívico com a participação de nove escolas estaduais, às 15h.
Ainda como parte das ações do Estado na cidade, no dia 25, acontece abertura da Rota da Independência, ação que percorre os municípios de Cachoeira, São Félix, Santo Amaro, Maragogipe e São Francisco do Conde. A Rota é uma ação da Secretaria da Cultura do Estado (Secult) e deve levar a essas cidades aulas públicas, palestras e apresentações até 22 de julho.