Campanha de vacinação contra gripe acaba na próxima semana

A campanha só imunizou até agora pouco mais de 60% da meta

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
A campanha só imunizou até agora pouco mais de 60% da meta
A campanha só imunizou até agora pouco mais de 60% da meta

Iniciada no dia 4 de maio, a campanha contra a gripe já imunizou na capital mais de 380 mil pessoas, número que corresponde a 63% dos mais de 615 mil indivíduos que compõem o público alvo no município: idosos (a partir de 60 anos), crianças (de seis meses a menores de cinco anos), gestantes, puérperas (mulheres que ganharam bebê nos últimos 45 dias), trabalhadores de saúde do serviço público e privado, portadores de doenças crônicas e população privada de liberdade.

Mesmo com a prorrogação, Salvador ainda não alcançou o objetivo de proteger pelo menos 80% da população contemplada com a vacina, conforme preconiza o Ministério da Saúde. De acordo com Doiane Lemos, chefe do setor de Imunização da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), o não cumprimento da meta, apesar de todos os esforços do município, está atribuído principalmente a alguns mitos da população a respeito do imunobiológico.

“As pessoas ainda acreditam que vão ficar gripadas ao tomar a vacina ou que ficarão impossibilitadas de realizar atividades de lazer, em especial se a imunização acontecer nos finais de semana. Isso é mito. A dose aplicada é produzida com amostras do vírus inativado, por tanto é incapaz de evoluir para a doença”, explicou. A campanha segue até 12 de junho na capital, em todos os postos da atenção básica do município, de segunda a sexta, das 8h às 17h.