Conecte SUS agora alerta que certificado de vacinação não é emitido para quem tomou mix de vacinas

sus

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

O Conecte SUS, aplicativo oficial do Ministério da Saúde, passou a exibir um alerta para oficializar que os brasileiros que tomaram mix de vacinas não podem emitir o Certificado Nacional de Vacinação Covid-19.

O problema na emissão do certificado foi apontado por usuários no começo do mês. O relato de problemas ocorre principalmente com quem tomou a primeira dose da AstraZeneca e, por falta do mesmo imunizante disponível, acabou tomando uma dose da Pfizer, como previsto pelo governo nestes casos.

O “Certificado Nacional de Vacinação Covid-19” é específico para a atual campanha de vacinação contra a pandemia do novo coronavírus. O documento pode ser exibido diretamente do aplicativo e tem uma opção para a exibição do QR Code e comprovação da validade por meio de um código.

O documento consolida as informações sobre as aplicações e comprova que o cidadão tomou as duas doses ou a dose única da Janssen. Ele pode ser emitido também em inglês ou espanhol. De acordo com o Ministério da Saúde, o “Certificado Nacional de Vacinação Covid-19” pode ser usado em viagens internacionais.

“O cidadão pode apresentar o certificado nacional sempre que necessitar, a exemplo de viagens internacionais, onde alguns países que reconhecem o documento para a entrada de brasileiros em seu território, visto que ainda não tem uma definição de um certificado internacional”, informou o ministério ainda em agosto.