Copa América 2016 ameaçada

COPA

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

A edição comemorativa do centenário da Copa América, marcada para o ano que vem, está sob ameaça de não acontecer, conforme estima o secretário-geral da Conmebol, o argentino José Luis Meiszner. A competição está prevista para acontecer justamente nos Estados Unidos, país que investiga o alto escalão da FIFA, resultando até agora em de sete dirigentes presos, entre eles o ex-presidente da CBF José Maria Marin.

José Luis Meiszner considera que as suspeitas envolvendo as entidades organizadoras do torneio (Conmebol e Concacaf) são suficientes para ameaçar a realização da copa, deverá ter 16 equipes, excepcionalmente: as 10 da América do Sul, sempre presentes na competição, mais seis do resto do continente – Estados Unidos, México, Costa Rica e Jamaica já estão confirmados.

“Hoje é preciso se colocar uma enorme interrogação sobre a possibilidade de disputar essa Copa. O presidente de uma das confederações está preso, as empresas titulares dos direitos têm seus fundos bloqueados, não se pode dizer que as coisas no futuro vão ser como estão previstas”, disse Meiszner.

Com informações do www.tribunadabahia.com.br

Foto da capa: PT.wikipedia.org