Dilma destaca salário mínimo e correção do IR no 1º de maio

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

1

Em vídeo publicado nas redes sociais nesta sexta-feira (1), Dia do Trabalho, a presidente Dilma Roussef destacou a valorização do salário mínimo e a correção da tabela do Imposto de Renda (IR). “Nos últimos 13 anos, o Dia do Trabalhador tem sido uma data para celebrar as vitórias da classe trabalhadora. A valorização do salário mínimo é uma das maiores conquistas desse período”, afirma.

Dilma lembrou que políticas públicas adotadas em seu governo beneficiam 45 milhões de trabalhadores e aposentados. O encaminhamento em março último ao congresso nacional da medida provisória que garante a política de valorização do salário mínimo até 2019 foi citado pela presidente como uma dessas ações. Ela citou ainda que, em 2011, foi aprovada lei semelhante que garantiu ao salário mínimo aumento de 14,8% acima da inflação durante o seu primeiro mandato.

Além disso, Dilma disse que, por meio da correção da tabela do IR, também enviada em março ao congresso, o trabalhador terá seu “salário preservado e não irá pagar um imposto maior. Tudo isso vem garantindo um Brasil mais justo”. Pela primeira vez, a presidente não utiliza as redes de rádio e televisão para celebrar o 1º de maio. Há indícios de que a estratégia visa evitar um novo “panelaço” com hora marcada, a exemplo do que ocorreu durante pronunciamento dela em cadeia nacional no Dia Internacional da Mulher.