Diretor do Zoológico de Salvador é convocado a depor na ALBA

Reprodução/ A Tarde Online

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

A Comissão de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Assembleia Legislativa da Bahia aprovou a convocação do coordenador do zoológico de Salvador, Gerson Norberto, para depor sobre as precárias condições do equipamento e dos animais. “É inadmissível que a terceira capital do país ainda se utilize de um modelo arcaico e medieval de administração. Há quase uma década no cargo, esse coordenador não fez nada para melhorar a estrutura do zoo, muito menos para oferecer qualidade de vida aos animais. Isso tudo com a conveniência do governo. Ele agora vai prestar esclarecimentos sobre sua gestão ineficiente e cobraremos medidas”, afirmou Marcell Moraes presidente da Comissão. Em dezembro do ano passado, já havia prometido levar o caso ao Ministério Público citando, entre outras justificativas, a prática de maus-tratos, falta de controle de mortalidade, má conservação do local, além da inexistência de uma programa de reintrodução dos animais ao seu habitat natural. Em abril deste ano, voltou ao local com outros deputados que comprovaram as denúncias feitas pelo verdista.