Divulgados projetos selecionados no edital Capoeira Viva 2015

marca_capoeiraviva

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

marca_capoeiraviva

A Fundação Gregório de Mattos (FGM) divulgou, no Diário Oficial do Município Salvador desta segunda-feira (4), a relação dos projetos titulares e suplentes selecionados para o edital Capoeira Viva 2015.

Os selecionados devem encaminhar a documentação até sexta-feira (8), na sede da FGM, na Rua Chile. Serão destinados R$15 mil para cada projeto, totalizando o montante disponibilizado de R$150 mil. A ação integra as ações do programa Capoeira Viva, idealizado pelo Ministério da Cultura (MinC), promovido pela Fundação Gregório de Mattos e patrocinado pela Petrobras.

O edital visa premiar propostas voltadas à valorização, promoção, difusão, registro e fortalecimento da manifestação como bem constituinte do patrimônio cultural brasileiro. O concurso é dividido em três linhas de ação, sendo uma delas Intercâmbio, com foco na troca de conhecimento, no reconhecimento e na difusão do jogo de capoeira e deve prever convidados de localidades além de Salvador.

Já a linha Preservação e Memória da capoeira beneficia diferentes modalidades, que podem ser digitais, audiovisuais, exposições, instalações, publicações, sítios da web, portais e produtos correlatos. A linha Inclusão, por sua vez, compreende propostas voltadas a pessoas com necessidades especiais, com vistas à ampliação de suas atividades culturais, educativas e sociais.

Lançado pelo MinC em 2007, o edital Capoeira Viva teve abrangência nacional e disponibilizou o montante de  R$ 1.708.532,81, dos quais R$ 1,2 milhão foram destinados ao pagamento de prêmios. Entre as ações realizadas, destacam-se o lançamento das duas séries de CDs Capoeira Viva, que viabilizaram o registro da produção musical desenvolvida no cenário da capoeira.

A primeira edição, concretizada em 2010, divulgou músicas compostas por instituições em âmbito nacional, atuantes em locais, como São Paulo, Pernambuco, Recôncavo da Bahia, Ilhéus, Salvador e Goiás. A segunda edição foi lançada em 2014, com canções de grupos soteropolitanos.

Está em andamento a produção da Coleção de Livros Capoeira Viva, prevista para ser lançada no fim deste mês. A coletânea será composta por publicações inéditas de importantes mestres e pesquisadores da área. O material será disponibilizado gratuitamente para a sociedade em geral.

Além disso, a FGM promoveu em 2013 o Encontro Capoeira Viva, reunindo autoridades e personalidades para discutir o universo da manifestação cultural em Salvador. O evento contou com a realização de oficinas culturais que relacionaram a capoeira a outras linguagens artísticas, como Artes Plásticas, Mídias Eletrônicas e Vídeo. Neste ano, está prevista a segunda edição do evento, com a continuidade das aulas.

*Com informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Salvador