Professores da Ufba decretam greve

650x375_ufba_1524201

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Professores e técnicos administrativos da Universidade Federal da Bahia (Ufba) decretaram greve por tempo indeterminado. Os professores aderiram à paralisação deflagrada pelo Sindicato Nacional de Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes) e que já teve a adesão de instituições em pelo menos 17 estados. Os técnicos administrativos das outras universidades federais da Bahia – Ufob (do Oeste), UFRB (do Recôncavo) e UFSB (do Sul) – também estão paralisados. As decisões foram tomadas após assembleias na manhã e tarde desta quinta (28).

Um dos motivos para a greve é a falta de verbas com os cortes do governo federal. O Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação das Universidades Públicas Federais no Estado da Bahia (Assufba), afirma que a paralisação faz parte de um movimento nacional, que busca mais investimentos e reajuste salarial.