Embasa pode ser obrigada a não cobrar taxa de esgoto caso rua não tenha o serviço

Foto/BahiaRecôncavo
Foto/BahiaRecôncavo

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Tramita na Câmara Municipal de Feira de Santana um Projeto de Lei que prevê que a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) não cobre taxa de esgoto, caso o logradouro não possua o serviço. De autoria do vereador Correia Zezito (Patriota), o projeto pretende alinhar o serviço à cobrança justa, para que esta seja feita apenas nas ruas que dispõem de esgotamento sanitário. De acordo com o parlamentar, há residências que recebem em sua conta de água a cobrança da taxa de esgotamento sanitário, no entanto, a rua não dispõe de tal infraestrutura. “Se vai cobrar, coloca o esgoto. Mas se não tem, não cobra”, disse o parlamentar em pronunciamento na Câmara ao pedir aos pares que votem a favor do projeto quando o mesmo estiver em pauta.