Empresário português aplica golpe de R$ 94 milhões no Litoral Norte

golpista

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Foto: Divulgação Polícia Civil da Bahia
Foto: Divulgação Polícia Civil da Bahia

Um golpe de R$ 94 milhões aplicado pelo empresário português José Miguel Tavares Roque Martins, que vendeu 470 lotes de um empreendimento imobiliário, na região da Linha Verde, foi descoberto pela Delegacia de Defesa do Consumidor (Decon), que cumpriu um mandado de prisão preventiva do falsário, na manhã desta quarta-feira (30). José Miguel é dono da Resort Empreendimentos Imobiliários, que vendeu lotes entre R$ 140 mil e R$ 200 mil, onde seriam construídos os condomínio residenciais Jardim Litoral I, II e II, com entrega das unidades previstas até o segundo semestre de 2015. Os compradores pagariam neste mês a última parcela pela compra dos imóveis de luxo, mas nada foi construído nos terrenos. A delegada Carla Ramos, titular da Decon, apurou que José Miguel aplicou um golpe semelhante no estado de Minas Gerais, onde os imóveis vendidos teriam até um heliponto. “Ele estava em Salvador há dois anos e já se preparava para fugir para Sergipe depois de receber o restante do pagamento das vítimas”, salientou a delegada. Indiciado por estelionato, José Miguel já foi encaminhado ao sistema prisional.