Professores municipais fazem paralisação em Salvador

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

As escolas da rede municipal de Salvador estão sem aulas por conta da paralisação de 72h dos professores, organizada pela Associação dos Professores Licenciados da Bahia (APLB), que estão em campanha salarial, iniciada hoje (27). De acordo com O G1, mais da metade das escolas está parada.

Das escolas procuradas, apenas o Centro Municipal de Educação Infantil Cosme de Farias, que fica em Vila Laura, funciona com apoio da equipe pedagógica e de assistente. Os docentes não foram trabalhar. No Centro Municipal de Educação Infantil Nossa Senhora da Vitória, na Graça, as aulas ocorrem de forma normal, com a presença dos professores, mas a unidade vai aderir a paralisação nacional que acontece dia 29 (sexta-feira). O Centro Municipal de Educação Infantil Álvaro Bahia, em Paripe, não atendeu as ligações da reportagem.

A categoria está em campanha salarial e pede 20% de aumento, o que corresponde ao reajuste do piso nacional da educação, que foi de 13%, mais a inflação do período, que foi de cerca de 6%. A Secretaria Municipal de Educação disse que, há 20 dias, negocia 33 itens da pauta dos professores e considera precipitada a paralisação, que vai afetar 140 mil estudantes.