Esteticista leva golpe de R$ 25 mil de homem que conheceu em app de namoro

eduardo-lidiane

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

A esteticista Lidiane Pereira, de 26 anos, denuncia que foi vítima de golpe aplicado pelo próprio namorado e perdeu R$ 25 mil, em Goiânia. Ela contou que conheceu Eduardo Thomas Nunes Setnacla em um aplicativo de relacionamento, esteve com ele por dois meses, até que o rapaz a convenceu a investir o dinheiro em compra de iPhones e sumiu. A jovem disse ainda que, ao cobrá-lo, ele a ameaçou de morte.

“Eu tinha um carro que estava me dando despesa, vendi para investir em celulares. Os celulares chegaram na casa dele, […] ele vendeu, mudou de apartamento e eu não consegui mais contato com ele. Sumiu, me bloqueou de tudo, diz que perdeu o dinheiro. […] Quero que todo mundo saiba quem ele é. Foi um golpe financeiro e emocional. Veio da pessoa que eu menos esperava”, desabafou.

O caso foi investigado pela Polícia Civil, que o indiciou pelos crimes de ameaça e estelionato em fevereiro de 2022. O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) o denunciou pelos mesmos crimes e a denúncia foi aceita pela Justiça em abril. Na mesma data, saiu uma intimação para o Eduardo, mas não há confirmação de que ele tenha sido encontrado para ser notificado sobre o processo. De acordo com o MP, “não cabe prisão nesta fase da ação penal”.

Lidiane disse que ficou extremamente abalada com tudo o que aconteceu, por isso levou meses para conseguir expor o caso. Tudo aconteceu em agosto e setembro de 2021, mas ela só conseguiu prestar depoimento em novembro à Polícia Civil e agora decidiu expor o caso nas redes sociais.

Ela fez um vídeo denunciando o que tinha passado e disse que recebeu mensagens de várias pessoas dizendo que também foram vítimas dele, mas que não queriam denunciar ou se expor.

A esteticista se lembra que deu o dinheiro para ele fazer o investimento em agosto de 2021, após dois meses juntos. Lidiane contou que criou intimidade com ele, dormiam juntos, saíam com os amigos, ela desenvolveu sentimentos por ele e criou um laço de confiança. Por causa disso, ficou muito baqueada ao perceber que foi vítima de golpe.

Em novembro do mesmo ano, ela foi diagnosticada com transtorno ansioso e depressivo, além de estresse. “Comecei a procurar ajuda médica, tomo remédio para dormir e toda vez que toco nesse assunto eu sempre choro. Como eu sei que ele está impune, eu sigo falando no assunto, estou me expondo, mostrando para todo mundo o que aconteceu, mas isso é uma ferida que eu vou carregar para sempre”, completou.

Golpe
A esteticista contou que, desde que se conheceram, Eduardo sempre falou que investir na compra e venda de celulares era um bom negócio. Com o dinheiro, ele comprou 16 celulares por meio de um site do exterior. “Depois que eu passei o dinheiro, ele já mudou comigo: não ia mais na minha casa, ficava enrolando quando falava de ir na casa dele. Ele comprou os produtos, não me passou o código de rastreio, mas eu consegui ver pelo site usando os dados dele que ele recebeu a mercadoria. Um dos amigos que morava com ele na república me confirmou que os celulares chegaram lá”, contou.